terça-feira, 1 de setembro de 2015

EM SETEMBRO CELEBRAMOS O MÊS DA BÍBLIA

MÊS DA BÍBLIA

Estamos iniciando o mês de setembro que, para nós católicos do Brasil é o mês dedicado à Bíblia. A Igreja do Brasil instituiu este mês temático em 1971, porque no último domingo, celebramos o Dia Nacional da Bíblia, devido à proximidade da festa de São Jerônimo, patrono dos estudos Bíblicos, no dia 30. Porém, desde 1947, se comemora o Dia da Bíblia no último domingo de setembro.

São Jerônimo, que viveu entre 340 e 420, foi o secretário do papa Dâmaso e por ele encarregado de revisar a tradução latina da Sagrada Escritura. Essa versão latina feita por São Jerônimo recebeu o nome de Vulgata, que, em latim, significa popular e o seu trabalho é referência nas traduções da Bíblia até os nossos dias.

Ao celebrar o mês da Bíblia, a Igreja nos convida a conhecer mais a fundo a Palavra de Deus, a amá-la, cada vez mais, e a fazer dela, cada dia, uma leitura meditada e rezada. É essencial ao discípulo missionário o contato com a Palavra de Deus para ficar solidamente firmado em Cristo e poder testemunhá-lo nbiblia-certao mundo presente, tão necessitado de sua presença.

“DESCONHECER A ESCRITURA É DESCONHECER JESUS CRISTO E RENUNCIAR A ANUNCIÁ-LO. SE QUEREMOS SER DISCÍPULOS E MISSIONÁRIOS DE JESUS CRISTO É INDISPENSÁVEL O CONHECIMENTO PROFUNDO E VIVENCIAL DA PALAVRA DE DEUS. É PRECISO FUNDAMENTAR NOSSO COMPROMISSO MISSIONÁRIO E TODA A NOSSA VIDA CRISTÃ NA ROCHA DA PALAVRA DE DEUS” (DA 247)”

A Bíblia – Palavra de Deus – é o fruto da comunicação entre Deus que se revela e a pessoa que acolhe e responde à revelação. Por isso a Bíblia é formada por histórias de um povo, o Povo de Deus, que teve o dom de interpretar sua realidade à luz da presença de Deus e compreender que a vida é um projeto de amor que parte de Deus e volta para Ele.

A Bíblia contém tudo aquilo que Deus quis nos comunicar em relação a nossa salvação. Jesus é o centro e o coração da Bíblia. Em Jesus se cumprem todas as promessas feitas no

Antigo Testamento para o Povo de Deus.

Ao lê-la, não devemos nos esquecer que Cristo é o ápice da revelação de Deus. Ele é a Palavra viva de Deus. Todas as palavras da Sagrada Escritura têm seu sentido definitivo Nele, porque é no mistério de sua morte e ressurreição que o plano de Deus para a nossa salvação se cumpre plenamente.

Nesse mês da Bíblia somos convidados a estudar e refletir sobre esse maravilhoso livro que tem tanto a nos revelar e instruir. No entanto, é sempre bom ressaltar, que nós não devemos nos restringir ao estudo bíblico apenas neste mês a ela dedicado. É necessário que nós, católicos, estejamos PERMANENTEMENTE EM CONTATO COM A PALAVRA DE DEUS, através de sua leitura e meditação diárias, para que, conhecendo a mensagem de Deus, alimentemos a nossa fé, pois Jesus, ao ser tentado pelo diabo no deserto, respondeu: “ A Escritura diz: ‘Não só de pão vive o homem, mas de toda palavra que sai da boca de Deus’” (Mt 4,4).

Portanto, que a Palavra de Deus seja a Luz da nossa fé e a bússola que orienta a nossa vida cristã.

Fontes: CNBB e Canção Nova, com algumas adaptações.

Nenhum comentário:

Postar um comentário